Ir em baixo
Jorge Mendes
Jorge Mendes
Mensagens : 37
Data de inscrição : 12/08/2018
Idade : 46
Localização : Funchal

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Qua 15 Ago 2018, 13:49
Olá a todos,
Gostaria de saber qual é a vossa opinião sobre o que é que faz um relógio passar a ser considerado de luxo?
O preço?
A precisão?
O movimento ser feito em casa?
A história da marca?
O design?
A inovação?
Por favor não digam que são todos estes factores, adicionem mais até se quiserem, mas falem apenas de 2 ou 3 dos factores que consideram mais importantes sff.
Na minha opinião pessoal será a qualidade/precisão do mecanismo e a inovação ou algo que não exista igual...
Um abraço a todos.
Sansoni7
Sansoni7
Mensagens : 3843
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Qui 16 Ago 2018, 10:49
Para mim.....luxo implica raridade.
Jorge Mendes
Jorge Mendes
Mensagens : 37
Data de inscrição : 12/08/2018
Idade : 46
Localização : Funchal

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Seg 20 Ago 2018, 23:47
Obrigado, para mim também implica a raridade.
m84
m84
Mensagens : 1960
Data de inscrição : 07/04/2015

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Qua 22 Ago 2018, 14:00
@Jorge Mendes escreveu:Olá a todos,
Gostaria de saber qual é a vossa opinião sobre o que é que faz um relógio passar a ser considerado de luxo?
O preço?
A precisão?
O movimento ser feito em casa?
A história da marca?
O design?
A inovação?
Por favor não digam que são todos estes factores, adicionem mais até se quiserem, mas falem apenas de 2 ou 3 dos factores que consideram mais importantes sff.
Na minha opinião pessoal será a qualidade/precisão do mecanismo e a inovação ou algo que não exista igual...
Um abraço a todos.

Olá @Jorge Mendes

Isso é uma questão com pano para mangas! Razz

Podia ser um pouco cínico e dizer que o que torna um relógio em artigo de luxo é apenas marketing. Veja-se o caso habitual Rolex dos dias de hoje.

No entanto há muitos variáveis, e diversas mudanças de paradigma no universo de relojoaria que afectaram e afectam essa designação.
Desde os tempos em que ter um relógio (de mesa por exemplo) era um 'luxo' que apenas os mais ricos (reis, nobres etc) conseguiam ter, à crise do quartzo nos anos 70 que tornou uma industria quase obsoleta e que obrigou a industria inteira a redefinir-se como outra coisa que perdura até hoje: luxo, moda, arte... (Por isso digo o que disse em cima).

Há obviamente outras considerações a ter em conta como por exemplo o que cada um entende como "luxo"; ou qual a sua relação à chamada alta-relojoaria — uma ligação mais 'normal' ao universo luxo.
Por exemplo a Rolex (lá está...) é considerada luxo hoje em dia mas não é nem das marcas mais caras nem é considerada alta-relojoaria.

Voltando à tua lista então, resumo com estas respostas meio 'esfarrapadas' propositadamente:

O preço? — Certamente
A precisão? — Talvez, mas não obrigatoriamente
O movimento ser feito em casa? — Talvez, mas não obrigatoriamente
A história da marca? — Talvez, mas não obrigatoriamente
O design? — Talvez, mas não obrigatoriamente
A inovação? — Talvez, mas não obrigatoriamente

E juntando ao ponto do @Sansoni, fazia uma simples troca semântica:
Talvez não diria "raridade", mas antes EXCLUSIVIDADE.
Pois uma coisa pode ser rara e não ser considerada luxo, mas por norma o luxo estará associado a uma certa exclusividade implícita (independentemente de ser realmente raro ou não).

Mais opiniões?
Abr
avatar
Convidado
Convidado

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Qua 22 Ago 2018, 23:33
Concordo com ambos @Sansoni7 e @m84, pouco de relevante acrescentaria. Acima de tudo o resto, a raridade e a exclusividade são os factores que principalmente determinam o status quo de 'relógio de luxo'.
Uma exclusividade é/deverá ser per si… rara.
Jorge Mendes
Jorge Mendes
Mensagens : 37
Data de inscrição : 12/08/2018
Idade : 46
Localização : Funchal

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Qui 23 Ago 2018, 17:40
Concordo em pleno convosco.
Razão pela qual eu acabei por vender o meu relógio mais caro, suíço, que muitas dores de cabeça me deu, e por saber que tinha uma máquina ETA.  Que de raridade não tem nada...
E virei me para a seiko, onde a relação preço qualidade é ótima, movimento feito em casa.
É uma marca que eu acho ser das mais genuínas.
Se souberem de outras marcas, façam o favor...
No entanto também adoro o Tag que tenho e esse não o vendo.
nmfl
nmfl
Mensagens : 960
Data de inscrição : 25/04/2017
Localização : Porto

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 24 Ago 2018, 12:07
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Concordo com o que foi dito, sobretudo na conotação de "luxo" com "exclusividade", creio que passa sobretudo por aí. Para mim pessoalmente, quando um objeto é de "luxo",  entra numa área que não me diz grande coisa, sejam relógios ou outras coisas, como vestuário, automóveis, etc. O que me interessa mesmo é "qualidade" e "valor" - a "exclusividade" nem tanto Smile

Tendo dito isto, claro que gostaria de vir a possuir modelos que também se caracterizam pela exclusividade, como alguns modelos da Tudor, Fortis e Omega. Mas não os desejo pela "exclusividade", antes pela qualidade, pela história dos modelos e pela herança/inovação ao nível da relojoaria.

Outra acha para a fogueira: o próprio critério para definir o que é "luxo" parece-me depender muito do contexto sócio-económico de cada consumidor. Por ex., para uns, um Seiko SKX ou um Tissot de gama baixa não passará de um "tool watch" ou "beater", para outros já serão relógios que entram na gama do luxo, por serem economicamente inacessíveis.

Isto é fácil de constatar em fóruns online internacionais, onde aparece gente de países mais pobres para quem conseguir comprar um Seiko SKX é uma grande façanha económica, é um autêntico "Grail". Ou, por ex., há uns tempos lia um colega (americano) de outro fórum que dizia que usava o Rolex mais barato como "beater" quando fazia tarefas como aparar o relvado da casa e lavar o carro, e assim poupava as "peças mais caras"....

Por isso, embora ninguém duvide que um Franck Muller ou um Patek são artigos de luxo e que um relógio de 2 euros do chinês não é, diria há pelo menos um grau de subjetividade nos limites do que é ou não é luxo.
Jorge Mendes
Jorge Mendes
Mensagens : 37
Data de inscrição : 12/08/2018
Idade : 46
Localização : Funchal

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 24 Ago 2018, 12:36
Gostei da sua resposta, obrigado.
Sabe de outras marcas que tenham uma boa relação preço qualidade e com movimentos feitos em casa?
Eu gostaria de saber.
Se me permite uma observação, os relógios do grupo swatch, já não usam movimentos que têm história, só usam movimentos ETA.
Logo apenas o design é que é original.
nmfl
nmfl
Mensagens : 960
Data de inscrição : 25/04/2017
Localização : Porto

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 24 Ago 2018, 12:42
Quanto ao uso de movimentos próprios nos níveis de preços mais baixos, o que me ocorre imediatamente é Seiko, claro. Mas também há a Orient e, nos suíços, a Frederique Constant, que creio que usa movimentos próprios, embora em preços um pouco mais acima.

Mas repare que o próprio grupo Swatch é que produz os movimentos ETA - por isso, de certa forma, os movimentos dos Tissot e dos Hamilton são "in-house" Very Happy
Jorge Mendes
Jorge Mendes
Mensagens : 37
Data de inscrição : 12/08/2018
Idade : 46
Localização : Funchal

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 24 Ago 2018, 12:55
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Compraram a fábrica, mas os ómega antigos os movimentos eram omega, não ETA.
Pode ver o mesmo movimento de um omega de 4k num certina de 500 ou 700 euros...
Isso para mim, descaracteriza completamente aquilo que o cliente julga estar a comprar.
nmfl
nmfl
Mensagens : 960
Data de inscrição : 25/04/2017
Localização : Porto

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 24 Ago 2018, 12:57
Sim, concordo - daí que convém fazer o "trabalho de casa" antes de comprar Smile
Jorge Mendes
Jorge Mendes
Mensagens : 37
Data de inscrição : 12/08/2018
Idade : 46
Localização : Funchal

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 24 Ago 2018, 13:05
Além de na minha opinião, retirar por completo a componente de exclusividade, raridade, ou o que queiram chamar.
A marca justifica o preço pelo elevado valor das caixas e das despesas de comunicação e marketing com os seus embaixadores.
Mas pronto, isso para mim, é acredito que outros pensam de forma diferente.
Mas para mim quando compro um relógio, compro um relógio, precisão, movimento, design, pretendo que cumpra com o seu propósito, calcular bem o tempo.
Pagar caixas e estrelas de cinema, e com isso ter um movimento pior, para mim não interessa.
Pois se eu quiser uma revista caras, compro e vejo as estrelas todas sem ter de gastar os 4k...
Jorge Mendes
Jorge Mendes
Mensagens : 37
Data de inscrição : 12/08/2018
Idade : 46
Localização : Funchal

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 24 Ago 2018, 13:06
Pois, ver 1o o movimento, depois o design, e preço...
????
m84
m84
Mensagens : 1960
Data de inscrição : 07/04/2015

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 24 Ago 2018, 13:54
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
@Jorge Mendes

acho que estamos a divagar no propósito original do tópico...

Afinal o que pretende saber: o que faz o relógio ser considerado um objecto de luxo, ou o que se pode considerar uma boa compra?
Não há problema com qualquer uma das questões, mas para os efeitos da 1a, a 2a já tem pouco a ver e julgo que as aguas têm que ser separadas.

O ultimo ponto que o @nmfl fez, também considero pertinente e vai de encontro ao que fiz na minha 1a intervenção: o que cada um considera luxo.

É claro que pode variar de pessoa para pessoa consoante as suas posses e meios, mas acho que, para efeitos da discussão, é preciso estabelecer uma especie de linha basal ao qual todos seguimos para a definição do luxo. De alguma forma...! Razz

Já agora para atear mais a chama, apenas uns comentários rápidos:

1. A questão do mecanismo in-house, para mim é pouco significativa. Fique sabendo que há inúmeras marcas, incluindo nomes sonantes e considerados LUXO verdadeiramente que usam/ja usaram movimentos outsourced (Audemars Piguet, ou Patek Philippe por exemplo affraid e não é nenhum segredo de estado!)
Inlcusivé, há muitas outras marcas com calibre in-house que não tem a mesma qualidade nem rigor nos mecanismos que as outras supostamente más e outsourced.

2. A ETA (como exemplo mencionado em cima), suas subsidiarias e companhias que se juntaram para formar a ETA produz, produziu e desenvolveu (de raiz) uma carrada de mecanismos proprios e que se tornaram ubíquos por uma razão inicial: eram bons e superam os menos bons. É a lei do mais forte. (constatação pessoal basica e sem fundamento empírico para marcar um ponto)

3. O que se faz com cada movimento depois, é outra historia. Compra-lo de fábrica por 10Eur e colocá-lo num relogio de 400Eur o 3500Eur é a decisão da marca e só compra quem quer.

@Jorge Mendes escreveu:Compraram a fábrica, mas os ómega antigos os movimentos eram omega, não ETA.

...E os da Omega vieram também da Lemania, e a Tissot também veio com mecanismos da Lemania, e eventualmente juntaram-se as 3 e fundaram a SSIH e que por sua vez se tornaram na ETA/Swatch Group. Portanto onde ficamos??  Razz

@Jorge Mendes escreveu:Pode ver o mesmo movimento de um omega de 4k num certina de 500 ou 700 euros...
Isso para mim, descaracteriza completamente aquilo que o cliente julga estar a comprar.

...E um motor (VW) e interiores de uma Audi A4 variant a 30k numa Seat Exeo de 20k. Portanto onde ficamos??  Razz

4. Independente dos meios de cada um, 4k por um relógio não se pode considerar um plafond para o universo luxo. Muitas marcas que não são tratadas como luxo tem relógios a começar nesse valor.

5. A marca num relógio em si também não significa luxo automaticamente. Veja-se no caso de varios relogios militares do inicio do seculo de marcas como a Omega, Rolex e até Jaeger LeCoultre. Tudo com calibres próprios mas vendidos para fins menos que luxuosos... Wink

6. Concordo com o comentário das marcas hoje em dia estarem cada vez mais ligadas ao conceito dos embaxiadores de marca etc (ao qual não me interessa nada) e como consequência poderão até estando a alterar os seus preços em função disso, globalmente falando. (tema para outro tópico)

Não levem a mal os meus comentários mas acho que o tópico tem interesse mas está ainda muito 'disperso' nos conceitos base.


Cumprimentos,
avatar
Convidado
Convidado

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 24 Ago 2018, 14:09
Antiqvarivm escreveu:Concordo com ambos @Sansoni7 e @m84, pouco de relevante acrescentaria. Acima de tudo o resto, a raridade e a exclusividade são os factores que principalmente determinam o status quo de 'relógio de luxo'.
Uma exclusividade é/deverá ser per si… rara.


Melhor será 'excluir' a palavra/vocábulo luxo do Dicionário d'Relógios. Smile
Sansoni7
Sansoni7
Mensagens : 3843
Data de inscrição : 08/02/2017
Localização : Porto

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 24 Ago 2018, 14:11
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
Eu cá estou tentado a preferir um «luxo de relógio»...a um «relógio de luxo».
nmfl
nmfl
Mensagens : 960
Data de inscrição : 25/04/2017
Localização : Porto

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 24 Ago 2018, 14:13
@Sansoni7 escreveu:Eu cá estou tentado a preferir um «luxo de relógio»...a um «relógio de luxo».

Ora aí está Very Happy
m84
m84
Mensagens : 1960
Data de inscrição : 07/04/2015

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Qua 29 Ago 2018, 11:03
Morreu aqui este tópico? lol!
daily.diogocosta
daily.diogocosta
Mensagens : 96
Data de inscrição : 23/06/2016
Localização : Lisboa
http://www.daily-diogocosta.com

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 31 Ago 2018, 13:26
Reputação da mensagem: 100% (2 votos)
Olá a todos e desde já peço desculpa pela minha esporádica presença num fórum pelo qual tenho tanto apreso.
Concordo plenamente com a opinião do @nmfl relativamente aos factores sócio-económicos de cada pais e mercado.
A percepção do que é o "luxo" varia imensamente conforme a pessoa e o que para ela é exclusivo, raro e difícil de obter / inalcancavel, no entanto dentro da industria existem segmentos definidos onde as marcas escolhem situar-se e dai creio que podemos construir uma noção mais acertada do que realmente é o luxo.

Hoje em dia uma grande variedade de marcas auto-intitula-se de "marca de luxo" quando na verdade apenas fornecem e constroem "raridade artificial" ou "managed rarity", a maior parte posicionada no segmento premium luxury.
Marcas de luxo geralmente produzem em números que não ultrapassam as dezenas, a maioria não publicita produtos, os mesmos são feitos de maneira personalizada tendo por vezes alguns produtos standard. Mas lá está chegamos a um patamar que já existem vários segmentos dentro do próprio luxo, como o luxury e ultra luxury (ultra luxury sendo o mais alto pois só produzindo uma peça esta peça é única para todos os níveis sócio-económicos logo é luxo absoluto.

Dito isto, a qualidade do produto em termos técnicos e matérias é algo que está presente na maioria destes produtos pela necessidade de justificar custos de produção, custo final e porque os custos em materiais e mão de obra por si só é dispendiosa.

Melhores cumprimentos a todos,
Diogo
Pedro Pereira
Pedro Pereira
Mensagens : 509
Data de inscrição : 04/11/2016
Idade : 48

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Qui 06 Set 2018, 12:30
Boas Smile

A resposta está dada logo no início...

É o preço! Tudo o resto é irrelevante.

Isto é válido para relógios ou qualquer outra coisa.

Mais interessante seria discutir sobre se é possível catalogar o luxo,ou seja,estabelecer patamares.


nmfl
nmfl
Mensagens : 960
Data de inscrição : 25/04/2017
Localização : Porto

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Qui 06 Set 2018, 14:40
@Pedro Pereira escreveu:

É o preço!   Tudo o resto é irrelevante.


Mas se o preço é alto ou baixo é altamente subjetivo. Há quem ache que um relógio de 2000 euros é barato e há quem ache que um de 200 euros é caríssimo e, lá está, um luxo. Já conheci pessoas que dizem uma coisa e outras que dizem a outra. Uma pessoa uma vez disse-me que achava "escandaloso" alguém pagar 500 euros só por um relógio, que isso é puro... "luxo".

Uma boa fração das pessoas que vivem no nosso planeta teriam de se esfalfar a trabalhar e poupar para conseguir comprar um SKX. Ora, neste contexto, o SKX é objetivamente um luxo.

Se tivermos em conta a definição de luxo do dicionário (priberam.pt), o SKX e até relógios mais baratos continuariam a ser "luxo":

"3. Bem ou actividade que não é considerado necessário, mas gera conforto ou prazer."

Não há um intervalo "fixo" para o que é o luxo, logo, o preço não pode ser o único fator. A única palavra que pode eventualmente chegar perto de explicar o luxo é "exclusividade" ou outra semelhante. Porque coloca a toda a questão num contexto específico.

Exceto, claro, se nos limitarmos às categorias que o próprio marketing da relojoaria criou, mas nesse caso este debate deixa de ser pertinente Thumbs Up
avatar
Convidado
Convidado

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Qui 06 Set 2018, 16:06
A exclusividade Srs., passa pelo acesso... e por essa capacidade/incapacidade, mais ou menos rara de aceder a determinado bem. Quem acessa, tem uma 'vulgaridade' de Luxo… para quem não acessa e na maioria dos casos, continuar a correr.
m84
m84
Mensagens : 1960
Data de inscrição : 07/04/2015

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sex 07 Set 2018, 23:57
Antiqvarivm escreveu:A exclusividade Srs., passa pelo acesso... e por essa capacidade/incapacidade, mais ou menos rara de aceder a determinado bem. Quem acessa, tem uma 'vulgaridade' de Luxo… para quem não acessa e na maioria dos casos, continuar a correr.

Então e outra acha para a fogeira, Twisted Evil

Qualquer Rolex moderno desportivo em aço hoje em dia.
A marca não deita cá para fora, e os AD não os vendem a clientes (só aos outros)... O preço que quem consegue em grey market por vezes até é mais alto que o PVP... Para todos os efeitos pode-se considerar exlcusivo, não?
Então, um 'banal' Submariner ou um GMT em aço, feitos aos milhares, é considerado um relógio de luxo por ser tão dificil de arranjar por quem quer?

ps.
No meio disto tudo o nosso amigo @Jorge Mendes deve ter-se assustado com esta conversa toda! Razz
avatar
Convidado
Convidado

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sab 08 Set 2018, 00:08
@m84 escreveu:Então, um 'banal' Submariner ou um GMT em aço, feitos aos milhares, é considerado um relógio de luxo por ser tão dificil de arranjar por quem quer?

ps.
No meio disto tudo o nosso amigo @Jorge Mendes deve ter-se assustado com esta conversa toda! Razz


Já vi chamarem luxo a coisas bem piores @m84 LOL

Eu ainda disse ao @Jorge Mendes, num outro tópico porém, que o Forúm é sereno, mas pelos vistos deve ter-se mesmo assustado. Neutral
m84
m84
Mensagens : 1960
Data de inscrição : 07/04/2015

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

em Sab 08 Set 2018, 00:18
Reputação da mensagem: 100% (1 votos)
@Antiqvarivm lol!

Eu gosto deste tema e de discutir estas coisas, confesso... talvez porque é o oposto do que eu vejo na relojoaria.
Acho também que a maneira que se conseguiu converter uma industria nisto é de génio, e os burros somos nós! Razz

Ando a colecionar uns textos sobre luxo e relojoaria que podem ser uteis para a discussão uma vez 'dissecados'. Vamos ver.

Cumprimentos
Conteúdo patrocinado

O que é que faz ser um relógio de luxo?  Empty Re: O que é que faz ser um relógio de luxo?

Voltar ao Topo
Tópicos similares
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum